Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

Número de mortos por ebola se aproxima de 7 000 na África Ocidental

Em dois dias, levantamento da OMS eleva número de mortos de 5 674 para 6 928

Por Da Redação 29 nov 2014, 18h12

Quase 7 000 pessoas morreram vítimas do ebola na África Ocidental, revelou um balanço divulgado pela Organização Mundial da Saúde (OMS). O número supera em mais de 1 200 o levantamento anterior, divulgado na quarta-feira.

De acordo com o boletim, 16 169 pessoas foram infectadas pelo vírus, das quais 6 928 morreram em Serra Leoa, Guiné e Libéria, os três países mais afetados pela epidemia.

O boletim da quarta-feira contabilizava 5 674 mortos nos três países, além de quinze óbitos nas outras cinco nações afetadas pelo vírus. Embora a OMS não tenha explicado o súbito crescimento das mortes, é provável que o aumento se deva à inclusão de casos não reportados anteriormente. A entidade já havia declarado que as estatísticas da epidemia estão subestimadas.

Leia também:

Vacina contra ebola tem resultados promissores nos EUA

Continua após a publicidade

Butantã vai desenvolver soro contra o ebola

Países – O número de mortos cresceu consideravelmente na Libéria, que agora tem 4 181 óbitos entre 7 244 casos. No balanço da quarta-feira, as estatísticas liberianas registravam 3 016 mortos e 7 168 casos.

Serra Leoa tem 1 461 mortos entre 6 802 casos, ante 1 398 óbitos e 6 599 casos do balanço anterior. Já a Guiné registra 1 284 mortos e 2 123 casos. Dois dias antes, o país contabilizava 1 260 mortes para 2 134 casos.

A OMS não disponibilizou dados dos outros países afetados pela epidemia. Na atualização anterior, a instituição informou que o Mali registrou oito casos e seis mortes pela doença. Nigéria (sete mortes) e Senegal (um caso) não têm diagnósticos há 57 dias, e por isso foram declarados livres do vírus. A atual epidemia de ebola afetou também Estados Unidos (quatro casos, um deles fatal) e Espanha, onde uma enfermeira se recuperou.

(Com AFP)

Continua após a publicidade
Publicidade