Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Nos EUA, especialistas avaliam hoje vacinação para crianças de 5 a 11 anos

Consultores da FDA decidem nesta terça-feira se aconselham ou não a liberação da vacina da Pfizer-BioNTech para essa faixa etária

Por Simone Blanes 26 out 2021, 15h18

Especialistas em vacinas se reúnem nesta terça-feira 26, para avaliar se a Food and Drug Administration, agência reguladora de medicamentos dos Estados Unidos, deve conceder autorização de emergência para aplicar a vacina Pfizer-BioNTech contra a Covid-19 em crianças de 5 a 11 anos, um grupo que inclui 28 milhões de pessoas no país.

O comitê consultivo deve ouvir a FDA, os Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) e a Pfizer em uma reunião de um dia inteiro. O assunto será em torno da segurança e eficácia do imunizante. No final do dia, os especialistas devem decidir por meio de votação se os benefícios da injeção superam os riscos.

Vale lembrar que a FDA não é obrigada a seguir as recomendações de seus consultores, mas frequentemente o faz. Os conselheiros de imunização do CDC também vão se reunir com a diretora Rochelle Walensky, no dia 2 de novembro, para uma reunião de recomendações sobre como usar o imunizante. Se tudo correr bem, a vacina pediátrica estará disponível na primeira ou na segunda semana de novembro nos Estados Unidos.

Publicidade