Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Mulheres passam por tratamentos desnecessários

Um terço das mulheres diagnosticadas com câncer de mama em quatro países desenvolvidos são submetidas à quimioterapia e cirurgias sem necessidade. A conclusão é de um estudo feito pelo Centro Nórdico Cochrane, a partir de análises no Reino Unido, Austrália, Canadá, Noruega e Suécia. O artigo foi publicado nesta sexta-feira pela revista British Medical Journal.

Nem todos os tipos de câncer são fatais, ressaltam os cientistas. Alguns ficam dormentes ou até regridem, enquanto que outros crescem de forma tão lenta que o paciente acaba morrendo de outra causa que não o próprio câncer. Como os médicos não conseguem distinguir cada caso, a tendência é receitar o tratamento para todos, disseram os pesquisadores.

Para a pesquisa, Karsten Jorgensen e Peter Gotzsche analisaram ocorrências de câncer de mama ao longo de 14 anos. Eles concluíram que, sete antes após a introdução de mamografias nos cinco países estudados, os médicos de fato passaram a detectar mais casos da doença. Mas também trataram mais mulheres desnecessariamente.

O câncer de mama não é o único tipo de câncer que pode dispensar tratamentos. Outro exemplo, reconhecido pela ciência, é o câncer de próstata, cujos pacientes têm sido aconselhados a manter um acompanhamento do tumor. A orientação busca evitar o traumático tratamento contra o câncer, que pode envolver quimioterapia, radioterapia e cirurgia, além de poderosos remédios.