Clique e assine com até 92% de desconto

Ministério da Saúde quer atualizar cartões de vacinação de 14 milhões de crianças

Campanha é direcionada para crianças com até cinco anos de idade e compreenderá todas as vacinas para esta faixa etária

Por Da Redação 15 ago 2013, 18h18

De 24 a 30 de agosto, o Ministério da Saúde vai realizar, em todo o Brasil, uma campanha nacional de atualização da caderneta de vacinação. Direcionada a crianças com até cinco anos, o objetivo do programa é concluir a imunização com todas as vacinas que compreendem o calendário básico infantil. A meta é atualizar o cartão de 14,4 milhões de crianças menores de 5 anos.

Fazem parte da campanha todas as vacinas específicas para a idade, como a de hepatite, rotavírus, poliomielite, meningocócica C conjugada, tríplice viral, entre outras. O Ministério da Saúde orienta os pais a levarem as crianças com os cartões de vacinação. Caso haja alguma pendência, a atualização será feita imediatamente, conforme a necessidade de cada um.

Leia também:

O perigo de não vacinar as crianças

Se a criança ou os pais não estiverem portando o cartão de vacina, o posto de saúde checará se há algum registro anterior de imunização e, se não houver, seguirá as regras do protocolo do Ministério da Saúde de como atualizar a vacinação de acordo com a faixa etária. Para aumentar o controle da imunização, no próximo dia 24, será lançado um aplicativo digital a partir do qual os pais poderão acompanhar as dosagens dos filhos.

O secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Jarbas Barbosa, alerta que a maioria das vacinas, como a de poliomielite, requer duas dosagens para ter efeito. “Se tomar apenas a primeira dose, a criança não estará protegida da doença. A dosagem precisa ser completa para que possamos diminuir o risco de transmissão de enfermidades imunopreveníveis”, afirmou.

Ao todo, 34.000 postos fixos de vacinação e 350.000 profissionais de saúde estarão envolvidos com a campanha.

Continua após a publicidade
Publicidade