Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Ministério da Saúde diz que morte de jovem não está relacionada à vacina

Pasta confirma que a adolescente de 16 anos morreu de púrpura trombocitopênica trombótica, doença que causa trombos que entopem vasos sanguíneos

Por Da redação
Atualizado em 20 set 2021, 10h56 - Publicado em 20 set 2021, 10h52

Análise feita pelo Ministério da Saúde revelou que a adolescente de 16 anos que morreu uma semana depois de ser imunizada com a vacina da Pfizer faleceu vítima de púrpura trombocitopênica trombótica, doença autoimune que predispõe a formação de coágulo e pode levar à morte. Os trombos viajam pela corrente sanguínea e podem se alojar em órgãos vitais, como coração, pulmões e cérebro. Na sexta-feira, a Secretária Estadual da Saúde de São Paulo havia informado a mesma causa para o óbito. No documento que ainda será divulgado, o Ministério afirma que a morte não tem associação com a vacina. “Não dá para estabelecer uma vinculação”, disse Queiroga à colunista Monica Bergamo, do jornal Folha de S.Paulo.

Queiroga disse não ser contra a vacinação de adolescentes sem comorbidades, embora na semana passada tenha anunciado a suspensão da campanha para esse público – apesar da determinação federal, diversos estados continuam a imunização. Segundo o ministro, a decisão de interromper a campanha se deu por uma questão de logística e de disponibilidade de vacinas. No entanto, técnicos do Ministério da Saúde que atuam no Programa Nacional de Imunizações reclamam não terem sido ouvidos para a tomada da decisão. Além disso, o recuo do Ministério, que três dias antes de informar a suspensão do programa voltados aos adolescentes havia anunciado sua continuidade, foi atribuída à interferência do presidente, Jair Bolsonaro, e de seus aliados.

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.