Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Meditar 25 minutos por dia já ajuda a reduzir o stress

Segundo nova pesquisa, praticar esse tempo de meditação por três dias consecutivos é suficiente para produzir um efeito calmante

Pesquisas recentes vêm comprovando o efeito da meditação na redução do stress. Enquanto a maior parte desses estudos reforça que o benefício ocorre após semanas de prática, um novo trabalho sugere que o efeito calmante pode ser mais imediato do que isso. Segundo especialistas americanos, meditar durante 25 minutos por três dias seguidos é suficiente para aliviar o stress.

CONHEÇA A PESQUISA

Título original: Brief mindfulness meditation training alters psychological and neuroendocrine responses to social evaluative stress.​

Onde foi divulgada:

periódico Psychoneuroendocrinology

Quem fez: David Creswell, Laura Pacilio, Emily Lindsay e Kirk Warren Brown

Instituição: Universidade Carnegie Mellon, nos Estados Unidos

Resultado: Meditar por 25 minutos ao dia ajuda a diminuir o stress em situações em que existe tensão.

O estudo, feito na Universidade Carnegie Mellon, nos Estados Unidos, contou com a participação de 66 pessoas saudáveis de 18 a 30 anos. Parte delas realizou, por três dias consecutivos, um programa de meditação que trabalhava respiração e concentração durante 25 minutos. O restante dos participantes foi submetido a um programa cognitivo, também ao longo de três dias, no qual eram orientados a analisar poesias.

Depois disso, todos os voluntários realizaram tarefas estressantes, como fazer um discurso na frente de uma plateia e resolver exercícios de matemática na presença de um grupo de avaliadores. Os participantes, então, descreveram como se sentiram ao concluir essas atividades e tiveram amostras de saliva recolhidas para que os pesquisadores medissem seus níveis de hormônios associados ao stress.

Leia também:

Meditação ganha, enfim, aval científico

De acordo com as conclusões, as pessoas submetidas às aulas de meditação relataram ter se sentido menos estressadas ao realizarem o discurso e os exercícios matemáticos do as que passaram pelo treinamento cognitivo. Elas também apresentaram menores níveis de hormônios do stress.

“Cada vez mais pessoas relatam que a meditação as ajuda a reduzir o stress, mas pouco se sabe sobre quanto você precisa praticar para ter esse benefício”, diz David Creswell, professor da Universidade Carnegie Mellon e coordenador do estudo, que foi publicado neste mês no periódico Psychoneuroendocrinology. O pesquisador afirmou que seu grupo agora vai estudar os impactos da meditação a longo prazo sobre a saúde.