Clique e assine a partir de 8,90/mês

Médico suíço assiste jogo da Copa durante cirurgia, mas não é punido

O cirurgião Vincent Bettschart colocou um computador na sala de cirurgia para acompanhar a partida entre França e México

Por Da Redação - 20 out 2010, 13h05

A paixão pelo futebol quase custou o emprego do cirurgião suíço Vincent Bettschart. No dia 17 de junho deste ano, o médico operou o abdome de um paciente e, ao mesmo tempo, acompanhou em um computador a partida entre França e México, pela Copa do Mundo, segundo informações que só agora foram divulgadas.

A diretoria do hospital onde Bettschart trabalha se negou a punir o cirurgião e, apesar do escândalo, só fez uma advertência. Segundo a imprensa suíça, Vincent Castagna, diretor do hospital, localizado em Sion (cantão de Valais), convocou o cirurgião Vincent Bettschart para “uma severa reprimenda”.

House suíço – Ainda de acordo com a imprensa, em uma oportunidade anterior, o Bettschart tinha deixado a sala de cirurgia onde realizava outra operação “para tomar um aperitivo”. O jornal suíço Blick escreveu que, comparado a cirurgião suíço, Dr. House é um “médico exemplar”.

Mas tudo indica que os resultados de Bettschart sejam parecidos com o médico da TV. Apesar da gravidade dos fatos, a diretoria do hospital informa “que mantém a confiança no cirurgião, já que sua competência não foi colocada em dúvida, e os resultados que obteve até agora confirmam suas qualidades”. O diretor do hospital ainda minimizou o caso, afirmando que “não há televisões instaladas nas salas de operação. O jogo estava sendo transmitido pela internet, em um computador sem som”.

Esta não é a primeira vez que Bettschart se envolve em polêmica. Em meados do ano passado, outro cirurgião, que estava abaixo dele na hierarquia do hospital, foi demitido por críticas a seu trabalho.

(Com Agência EFE)

Continua após a publicidade
Publicidade