Mais da metade dos jovens com excesso de peso têm ao menos um fator de risco para doença cardíaca

Pesquisa mostrou que problemas de saúde, como diabetes e colesterol alto, atingem jovens mais cedo do que se pensava

Por Da Redação - 21 maio 2012, 11h46

Um trabalho publicado nesta segunda-feira na revista médica Pediatrics mostrou que as doenças cardíacas estão atingindo pessoas com excesso de peso mais cedo do que se imaginava. De acordo com a pesquisa, metade dos adolescentes com sobrepeso e 60% daqueles com obesidade têm um ou mais fatores de risco para doenças do coração. São quadros como pré-hipertensão, colesterol alto ou diabetes.

CONHEÇA A PESQUISA

Título original: Prevalence of Cardiovascular Disease Risk Factors Among US Adolescents, 1999−2008

Onde foi divulgada: revista Pediatric

Publicidade

Quem fez: Ashleigh May, Elena Kuklina e Paula W. Yoon

Instituição: Centro para Controle e Prevenção de Doenças (CDC)

Dados de amostragem: 3.383 adolescentes de 12 a 19 anos

Resultado: Fatores de risco para doenças cardíacas estão presentes em 60% dos jovens com obesidade; 49% dos jovens com sobre peso; e 37% dos jovens com peso normal. A taxa de diabetes entre os adolescentes aumentou de 9% em 1999 para 23% em 2008

Publicidade

Esses dados foram levantados por especialistas do Centro para Controle e Prevenção de Doenças (CDC, na sigla em inglês), órgão de saúde dos Estados Unidos. Os pesquisadores acompanharam, de 1999 a 2008, 3.383 jovens de 12 a 19 anos que participaram do Estudo Nacional de Saúde de Nutrição, feito pelo próprio CDC. Durante esse período, a incidência de pré-hipertensão, hipertensão e colesterol alto não mudou. Por outro lado, a prevalência de quadros pré-diabéticos e de diabetes aumentou de 9% para 23%.

O estudo ainda indicou que 37% dos jovens, mesmo com peso normal, carregam ao menos um fator de risco para doenças cardíacas. Os pesquisadores acreditam que isso se deve ao sedentarismo e à má alimentação, hábitos que estão cada vez mais presentes na juventude atual.

De acordo com os autores do estudo, esses resultados mostram que os adolescentes americanos carregam um fardo substancial de fatores de risco cardiovascular, especialmente os jovens com sobrepeso ou obesos. “Além do excesso de peso, os pais devem estar cientes dos problemas que isso causa ao coração”, diz Ashleigh May, coordenadora do estudo.

  • Causas e sintomas
  • Prevenção e tratamento

Ricardo Pavanello, supervisor de cardiologia do Hospital HCor. Ricardo Pavanello, supervisor de cardiologia do Hospital HCor. Ricardo Pavanello, supervisor de cardiologia do Hospital HCor. Vídeo Vídeo Vídeo Vídeo Vídeo Vídeo Vídeo Vídeo Vídeo Vídeo Vídeo

Publicidade

Quais são os principais problemas cardíacos?

Como se caracterizam os principais problemas cardíacos?

O que é mal súbito?

(Fabiano – Colombo/Paraná)

Publicidade

Quais são as principais causas dos problemas cardíacos?

Quais problemas cardíacos são congênitos?

Quais são os problemas congênitos mais comuns?

O sal ajuda a controlar a pressão arterial?

Publicidade

Por que hoje os problemas no coração são a causa número 1 de mortes?

Quem tem colesterol alto tem mais chances de sofrer problemas cardíacos?

(Paula Estevam – São Paulo – SP)

Quais sinais podem indicar problemas no coração?

Publicidade
  • Quais são os principais problemas cardíacos?
  • Como se caracterizam os principais problemas cardíacos?
  • O que é mal súbito?

    (Fabiano – Colombo/Paraná)

  • Quais são as principais causas dos problemas cardíacos?
  • Quais problemas cardíacos são congênitos?
  • Quais são os problemas congênitos mais comuns?
  • O sal ajuda a controlar a pressão arterial?
  • Por que hoje os problemas no coração são a causa número 1 de mortes?
  • Quem tem colesterol alto tem mais chances de sofrer problemas cardíacos?

    (Paula Estevam – São Paulo – SP)

  • Quais sinais podem indicar problemas no coração?

Vídeo Vídeo Vídeo Vídeo Vídeo Vídeo Vídeo Vídeo Vídeo Vídeo

A partir de que idade é preciso fazer exames e quais devem ser feitos?

Publicidade

(André Luis Silva, Caldas Novas – GO)

Quem é obeso deve procurar um cardiologista?

Que tipo de alimentação pode diminuir as chances de problemas cardíacos?

Quais os alimentos mais prejudiciais ao coração?

Publicidade

Como calcular corretamente a frequência cardíaca para a prática de exercícios físicos?

(Mel Falcão – Feira de Santana – BA)

Que tipo de cuidados as pessoas que já têm problemas cardíacos precisam ter?

Quem tem problemas cardíacos pode praticar esportes?

Publicidade

O que fazer para baixar ou aumentar a pressão arterial em situações de emergência?

Como ajudar uma pessoa que está sofrendo um ataque cardíaco?

  • A partir de que idade é preciso fazer exames e quais devem ser feitos?

    (André Luis Silva, Caldas Novas – GO)

  • Quem é obeso deve procurar um cardiologista?
  • Que tipo de alimentação pode diminuir as chances de problemas cardíacos?
  • Quais os alimentos mais prejudiciais ao coração?
  • Como calcular corretamente a frequência cardíaca para a prática de exercícios físicos?

    (Mel Falcão – Feira de Santana – BA)

    Publicidade
  • Que tipo de cuidados as pessoas que já têm problemas cardíacos precisam ter?
  • Quem tem problemas cardíacos pode praticar esportes?
  • O que fazer para baixar ou aumentar a pressão arterial em situações de emergência?
  • Como ajudar uma pessoa que está sofrendo um ataque cardíaco?

*O conteúdo destes vídeos é um serviço de informação e não pode substituir uma consulta médica. Em caso de problemas de saúde, procure um médico.

Publicidade