Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Maconha praticamente dobra o risco de acidentes graves no trânsito

Estudo concluiu que droga aumenta chances de acidentes que provocam ferimentos graves ou com mortes

Um estudo publicado nesta quinta-feira no periódico British Medical Journal concluiu que pessoas que fumam maconha antes de dirigir dobram o risco de provocar acidentes, principalmente colisões graves ou fatais. Os autores do estudo, que foi desenvolvido na Universidade Dalhousie, no Canadá, acreditam que esses resultados possam influenciar em novas abordagens para campanhas contra acidentes no trânsito.

CONHEÇA A PESQUISA

Título original: Acute cannabis consumption and motor vehicle collision risk: systematic review of observational studies and meta-analysis

Onde foi divulgada: periódico British Medical Journal

Quem fez: Mark Asbridge, Jill A Hayden e Jennifer L Cartwright

Instituição: Universidade Dalhousie, Canadá

Dados de amostragem: 50.000 pessoas que se envolveram em acidentes de trânsito

Resultado: Fumar maconha pode quase que dobrar o risco de acidentes graves ou fatais, mas não se sabe qual é a relação entre a droga e acidentes leves. O álcool ainda é a substância mais perigosa em relação a acidentes de veículos.

Há um consenso na literatura científica sobre os riscos que existem quando uma pessoa que consumiu maconha dirige, mas, segundo os autores do estudo, há uma grande diferença nos resultados das pesquisas que buscam medir o tamanho desses riscos.

Para estabelecer uma relação entre acidentes no trânsito e consumo de maconha, os pesquisadores analisaram outros nove estudos sobre o assunto que, no total, envolviam mais de 50.000 pessoas de vários países diferentes. Eles concluíram que o consumo da droga quase duplica o risco de colisões que resultam em ferimentos graves ou até em mortes. No entanto, os cientistas não chegaram a uma conclusão sobre os impactos da substância em relação a acidentes menos graves.

De acordo com a pesquisa, os estudos analisados sugerem que a droga prejudica o desempenho de funções cognitivas e motoras que são essenciais para a condução segura de um veículo. Além disso, eles observaram que as taxas de indivíduos que dirigem sob o efeito de maconha, em muitas cidades, vêm aumentando mais do que em relação aos motoristas que dirigem após consumir álcool, embora a bebida alcoólica ainda seja a substância mais perigosa no trânsito.

Os autores do estudo acreditam que este levantamento é importante para uma melhor compreensão sobre os efeitos da maconha em um indivíduo e também em relação aos perigos no trânsito. Eles acreditam que a pesquisa pode ajudar nas políticas públicas e intervenções para a prevenção de acidentes fatais.

Dr. Ivan Mario Braun

É médico do Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas da FMUSP (Faculdade de Medicina da USP) e autor do livro Drogas – Perguntas e Respostas (MG Editores) Vídeo Vídeo Vídeo Vídeo Vídeo Vídeo Vídeo Vídeo Vídeo Vídeo Vídeo Vídeo Vídeo

A maconha é mais prejudicial do que o tabaco e o álcool?

O que acontece com o nosso organismo ao consumir a maconha?

Quais são os efeitos da maconha?

Quais os principais problemas causados pela maconha fumada?

Quais são os usos medicinais da maconha?

De que forma a maconha é usada medicinalmente?

Quais doenças a maconha pode combater?

A maconha é o melhor tratamento para alguma doença?

A maconha pode ser usada na produção de remédios?

Mesmo usada para fins medicinais, a maconha pode provocar dependência?

Em qual área da medicina o uso da maconha tem se mostrado mais promissor?

Até que ponto a discussão política contamina a pesquisa científica?

  • A maconha é mais prejudicial do que o tabaco e o álcool?
  • O que acontece com o nosso organismo ao consumir a maconha?
  • Quais são os efeitos da maconha?
  • Quais os principais problemas causados pela maconha fumada?
  • Quais são os usos medicinais da maconha?
  • De que forma a maconha é usada medicinalmente?
  • Quais doenças a maconha pode combater?
  • A maconha é o melhor tratamento para alguma doença?
  • A maconha pode ser usada na produção de remédios?
  • Mesmo usada para fins medicinais, a maconha pode provocar dependência?
  • Em qual área da medicina o uso da maconha tem se mostrado mais promissor?
  • Até que ponto a discussão política contamina a pesquisa científica?

*O conteúdo destes vídeos é um serviço de informação e não pode substituir uma consulta médica. Em caso de problemas de saúde, procure um médico.