Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Irmão de Alicia, 7 anos, que morreu de Covid, é vacinado contra a doença

Acompanhado do pai, o médico Rodolfo Aparecido da Silva, João, de 11 anos, homenageou a irmã ao receber a primeira dose da CoronaVac, em Ribeirão Preto

Por Simone Blanes 25 jan 2022, 19h48

O menino João Rocha da Silva Neto, de 11 anos, filho do médico Rodolfo Aparecido da Silva e irmão de Alicia, de 7 anos, que morreu no dia 18 de janeiro de 2021 por complicações da Covid-19, foi vacinado na tarde desta terça-feira, 25, em Ribeirão Preto, interior de São Paulo. “Quando anunciou a vacinação infantil, ele já fez o próprio pré-cadastro. Estava ansioso”, disse Rodolfo a VEJA.

Segundo o pai, João entende o que aconteceu com Alicia e quis tomar a vacina para proteger a si e a outras pessoas, além de homenagear a irmã. O menino tomou a primeira dose da CoronaVac, imunizante produzido pelo Instituto Butantan em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac, que foi aprovado para uso emergencial em crianças e adolescentes de 6 a 17 anos na última quinta-feira 20 pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

A Anvisa também já havia liberado, em 16 de dezembro de 2021, a vacina pediátrica da Pfizer para crianças de 5 a 11 anos. A campanha de imunização desse público, porém, sofreu vários entraves por conta de barreiras impostas pelo governo federal, encabeçadas pelo presidente Jair Bolsonaro, que se mostra contrário à vacinação infantil.

Por causa disso, a imunização de crianças só começou em janeiro de 2022, após uma consulta pública e uma audiência pública realizada pelo Ministério da Saúde. As primeiras doses do imunizante pediátrico da Pfizer chegaram ao Brasil no dia 13 de janeiro e, no dia seguinte, o menino indígena Davi Seremramiwe Xavante foi a primeira criança a ser vacinada contra a doença no país.

Em entrevista à VEJA, Rodolfo contou em detalhes o que aconteceu à filha Alicia e fez um apelo aos pais e responsáveis das crianças: “Vacinem seus filhos”.

Confira o vídeo de João sendo vacinado:

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês