Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Homem é trazido de volta à vida depois de três horas e meia

Arun Bhasin, de 53 anos, foi reavivado de parada cardíaca graças a uma máquina que comprimiu seu peito 20.000 vezes

Por Da Redação 15 jan 2011, 11h32

Se existisse uma lista dos homens de mais sorte no mundo, Arun Bhasin, de 53 anos, certamente teria acabado de entrar nela. O britânico, cujo coração havia parado há três horas e meia, foi reavivado graças a uma máquina que realizou 20.000 compressões salva-vidas em seu peito, segundo o jornal Daily Mail.

Bhasin havia sido encontrado inconsciente nas ruas frias (-10ºC) de Londres em dezembro e levado para o Hospital Universidade Croydon. No caminho, sofreu parada cardíaca.

O paciente era cuidado por dois médicos especializados em ressuscitação que o ligaram a uma máquina, o Zoll AutoPulse, que continuou comprimindo seu peito 100 vezes por minuto, provocando a circulação do sangue pelas próximas três horas e meia, quando seu coração voltou a funcionar.

Hoje, Bashin está de volta à sua casa, em Londres, onde se recupera bem.

Continua após a publicidade

Publicidade