Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Gripe aviária se espalha pela África Ocidental e ONU teme contágio humano

De acordo com a organização, a cepa letal do vírus poderia afetar mais de 330 milhões de pessoas na região

Por Da Redação
21 jul 2015, 15h41

A Organização das Nações Unidas (ONU) emitiu um alerta para o risco da gripe aviária, que está se espalhando pela África Ocidental, contaminar humanos. Segundo a Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO, na sigla em inglês), ao longo dos últimos seis meses mercados e fazendas na Nigéria, Burkina Fasso, Níger, Costa do Marfim e Gana foram afetados pelo vírus.

Se o vírus continuar a se espalhar, mais de 330 milhões de pessoas em toda a África Ocidental poderão ser afetadas, prejudicando a segurança alimentar e a saúde humana em uma região que ainda se recupera da crise do ebola.

Leia também:

Criação em laboratório de vírus híbrido da gripe desperta temor até entre cientistas

China confirma primeira morte por gripe aviária em 2015

“São necessárias medidas urgentes para reforçar as pesquisas veterinárias e os sistemas de informação dos casos da doença antes que o vírus se dissemine entre os humanos”, disse Juan Lubroth, chefe da divisão de saúde animal da FAO, em um comunicado.

Só na Nigéria, desde o ano passado, mais de um milhão de aves foram mortas pelo vírus ou abatidas para impedir a propagação da doença. Outros países do oeste africano, incluindo Benin, Camarões, Mali e Togo, não identificaram casos de gripe aviária, mas precisam monitorar a situação para evitar sua propagação da doença, alertou a FAO.

Ainda segundo a agência, desde a década passada a produção de aves cresceu rapidamente em toda a África Ocidental, mas os sistemas sanitários regulatórios não mantiveram o mesmo ritmo.

(Com Reuters)

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.