Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Gripe A mata mais três no Rio Grande do Sul

Neste ano, casos confirmados da doença no estado já são 83, sendo 13 com óbitos

O Centro Estadual de Vigilância em Saúde do Rio Grande do Sul confirmou, nesta segunda-feira, mais três mortes provocadas pelo vírus da gripe A H1N1 (saiba mais sobre a gripe no quadro abaixo). As vítimas são um homem de 62 anos, de São Borja, diabético; uma mulher de 54 anos, de Canoas, sem doenças associadas; e uma mulher de 25 anos, de Salto do Jacuí, obesa. Em 2012 já há 83 casos confirmados, com 13 de óbitos.

Leia também:

Santa Catarina tem 38 mortes por gripe A em 2012

Em 2009, gripe suína matou 15 vezes mais do que o anunciado

Diante desses dados, é provável que o ano termine com números maiores dos que os 2011, quando foram notificados 103 casos e 14 mortes. Em 2010, não foram registrados casos de gripe A no Rio Grande do Sul. Em 2009, quando o mundo enfrentou uma pandemia da doença, o estado teve 3.544 casos e 297 óbitos.

Vírus – O H1N1 é um tipo de vírus influenza A, um dos responsáveis pela gripe. Seus sintomas são os mesmos que os tipos normais da doença, mas com uma mortalidade um pouco maior, já que, entre outros fatores, atinge principalmente grupos mais vulneráveis, como as crianças até de até 2 anos, idosos com mais de 60 e gestantes.

(Com Agência Estado)