Clique e assine a partir de 9,90/mês

Gravidez: por que a dieta rica em peixes faz bem ao cérebro do bebê

A relação está no tipo de gordura consumida com esse tipo de regime, rico em ômega-6 e ômega-3

Por Da Redação - Atualizado em 7 Jan 2020, 16h40 - Publicado em 7 Jan 2020, 16h34

Pesquisadores da Faculdade de Medicina da Universidade Tohoku, no Japão, comprovaram os benefícios de uma dieta rica em peixes durante a gravidez para a saúde mental do bebê. A relação está no tipo de gordura consumida com esse tipo de regime, rico em ômega-6 e ômega-3. Os compostos são essenciais para a formação cerebral normal do feto.

A pesquisa, feita com ratos, mostrou que, quando as fêmeas eram alimentadas com uma dieta rica em ômega-6 e pobre em ômega-3, os filhotes nasciam com o cérebro menor e apresentavam comportamento emocional anormal na idade adulta, como níveis de ansiedade elevados.

Já se sabia que uma dieta bem equilibrada em ácidos graxos ômega-6 e ômega-3 era benéfica para a saúde do feto, mas não se conhecia em detalhes os efeitos dos compostos.

Publicidade