Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Fiocruz renova acordo com instituto de pesquisa francês

Por AE

São Paulo – A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e o Centro Nacional de Pesquisa Científica (CNRS, na sigla em francês) assinaram na terça-feira a renovação do convênio do Laboratório Internacional Associado em Imunologia e Imunopatologia (LIA-Imuno), criado em 2007, com a assinatura de acordo entre as duas instituições. As informações são da Agência Fiocruz.

“Trata-se de um laboratório virtual que tem, entre outros objetivos, estudar os mecanismos envolvidos na migração de leucócitos – glóbulos brancos do sangue que têm a função de combater e eliminar os microorganismos e estruturas químicas estranhas ao corpo humano – em organismos em condições saudáveis e patológicas”, segundo a agência.

A Fiocruz informa que os estudos no laboratório, até o momento, foram realizados em organismos normais e afetados por doenças como a diabetes tipo 1 e linfoma (tumor maligno gerado no tecido linfoide). O convênio do LIA-Imuno foi renovado por mais quatro anos.

AE