Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Fiocruz: carga de IFA para 12 milhões de doses de vacina chega ao Brasil

Com a matéria-prima, Fiocruz deve retomar a fabricação dos imunizantes até a próxima terça-feira

Por da Redação Atualizado em 22 Maio 2021, 18h31 - Publicado em 22 Maio 2021, 18h24

Ao fim da tarde deste sábado, 22, pousou no Aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro, uma remessa de Ingrediente Farmacêutico Ativo (IFA) para a produção da vacina Astrazeneca/Oxford no Brasil. Segundo a Fiocruz, responsável pela fabricação do imunizante no território nacional, o material é suficiente para o processamento de 12 milhões de doses da vacina.

“Com o recebimento, os trabalhos nas linhas de produção do Instituto de Tecnologia em Imubiológicos (Bio-Manguinhos/Fiocruz), interrompidos na última quinta-feira (20), serão retomados na próxima terça-feira (25)”, afirma a Fiocruz. O envio da carga foi confirmado na última quinta-feira, após uma reunião de governadores com o embaixador da China no Brasil, Yang Wanming. Na terça-feira, doses do IFA devem chegar ao Instituto Butantan para a produção da Coronavac.

Segundo a instituição, com a nova remessa recebida, estão asseguradas a produção de vacinas até a terceira semana de junho e entregas ininterruptas até 3 de julho.  Ao todo, a Fiocruz entregou ao Programa Nacional de Imunizações 41,1 milhões de doses da vacina. Na sexta-feira, 21, foram disponibilizadas ao Ministério 6,1 milhões de doses, sendo 800 mil doses a mais do que o previsto inicialmente.

Até às 18h do sábado, 21, 41.762.846 doses de vacina contra a Covid-19 foram aplicadas em todo o país tanto da Astrazeneca, como de Pfizer e Coronavac.

 

Continua após a publicidade
Publicidade