Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Exame para pacientes com câncer será ofertado pelo SUS

O PET-CT, fundamental para acompanhar pessoas que apresentam a doença, já é oferecido por clínicas particulares há treze anos

Um exame considerado por médicos como fundamental para o acompanhamento de pacientes que tiveram ou estão com câncer, o PET-CT, ou PET Scan, passará a ser ofertado no Sistema Único de Saúde (SUS). A inclusão ocorre com atraso de pelo menos treze anos em relação às clínicas particulares e em um formato ainda muito acanhado, avaliam sociedades médicas.

O acesso será permitido para pacientes com linfoma, câncer de intestino grosso com lesão hepática e em alguns casos de câncer de pulmão. Uma lista de opções bem menor do que a ofertada para usuários de planos de saúde. Desde o início do ano, operadoras são obrigadas a garantir o exame para pelo menos oito indicações. Entre elas, casos de câncer de mama, de pele e cabeça e pescoço.

O PET-CT combina duas técnicas: a tomografia por emissão de pósitrons e a tomografia computadorizada. A abordagem permite diagnosticar tumores, detectar a extensão deles e se houve metástase, determinar o prognóstico da doença e também o tratamento que será escolhido para combatê-la.

Público – Pelos cálculos do Ministério da Saúde, 20 000 pacientes serão diretamente beneficiados pelo exame. O investimento com os exames será de 31 milhões de reais anuais. A incorporação do PET no SUS não será imediata. O governo terá até 180 dias para regular como e quando isso será feito.

(Com Estadão Conteúdo)