Clique e assine a partir de 9,90/mês

Engordar demais ou de menos na gravidez eleva risco de obesidade ou sobrepeso no filho

Segundo pesquisadora, ganho de peso na gestação pode ter impacto na criança que independe de fatores genéticos

Por Da Redação - 14 abr 2014, 08h25

Ganhar quilos acima ou abaixo do recomendado na gestação aumenta o risco de gerar um bebê que futuramente tenha sobrepeso ou obesidade. O dado é de um estudo feito pelo Centro de Pesquisa de Saúde Kaiser Permanente, publicado nesta segunda-feira no periódico American Journal of Obstetrics and Gynecology.

Os autores da pesquisa adotaram as diretrizes do Instituto de Medicina, uma entidade de saúde americana sem fins lucrativos, para ganho de peso na gravidez. A recomendação é de 5 a 9 quilos extras para grávidas obesas (IMC 30 ou maior), 7 a 11 quilos para aquelas com sobrepeso (IMC 25 a 29), 11 a 15 quilos para mulheres com peso normal (IMC 18.5 a 25) e 12 a 18 quilos para gestantes com baixo peso (IMC menor que 18.5). O cálculo do IMC é feito dividindo-se o peso pela altura ao quadrado.

Em um dos maiores estudos a avaliar a relação entre ganho de peso na gravidez e obesidade infantil, os pesquisadores revisaram dados de 4 145 mulheres que responderam a um questionário de 2007 a 2009, logo após dar à luz. Os cientistas revisaram também o histórico médico das crianças que nasceram, quando elas tinham de 2 a 5 anos.

Leia também:

Diabetes gestacional pode aumentar risco de doença cardíaca na meia-idade

Saúde cardíaca do bebê está ligada ao 1º trimestre de gravidez

Continua após a publicidade
Publicidade