Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Enfermeiro britânico curado do ebola volta a Serra Leoa

Will Pooley, 29 anos, contraiu o vírus no país africano e foi tratado em Londres. Ele decidiu voltar para continuar atuando no combate à epidemia

Por Da Redação 20 out 2014, 15h24

O enfermeiro britânico Will Pooley, que contraiu ebola em Serra Leoa e foi curado após passar por tratamento em Londres, voltou ao país africano para continuar ajudando no combate à epidemia. Ele desembarcou na capital Freetown na noite de domingo e deve retomar os trabalhos em um hospital nesta segunda-feira.

Pooley, de 29 anos, foi o primeiro – e até agora o único – britânico infectado pelo ebola na atual epidemia. Ele contraiu o vírus durante trabalho voluntário no oeste africano e retornou para Londres em agosto, onde recebeu tratamento contra a doença. O britânico teve alta no dia 3 de setembro.

O fato de ele ter sido curado da infecção mostra que o seu sistema imunológico é capaz de lutar contra o ebola. No entanto, a ciência ainda não tem provas de que pessoas que sobrevivem à doença se tornam imunes ao vírus.

Leia também:

OMS declara que Nigéria está livre do ebola

Continua após a publicidade

Origem, transmissão e como o ebola age no corpo

Ebola: como o vírus ‘burro’ se tornou uma epidemia

“Eu optei por ir antes e essa foi a coisa certa a se fazer naquele momento, e ainda é o certo a se fazer agora. Há uma emergência real na África Ocidental, e as equipes que estão lá precisam de todo o apoio que pudermos oferecer. Estou ansioso para voltar e fazer tudo o que puder para prevenir mortes desnecessárias”, disse Pooley neste domingo à agência Press Association.

Continua após a publicidade
Publicidade