Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Diagnosticado a tempo, câncer de laringe tem 90% de chance de cura

O tumor de laringe, chamado carcinoma de células escamosas, é um tipo relativamente comum de câncer, explica Antonio Carlos Buzaid, chefe-geral do centro avançado de oncologia do Hospital São José. Quando diagnosticado em estágio inicial, as chances de cura são de até 90%. Até a fase intermediária, as chances caem para 60%.

Buzaid afirma ainda que o tumor de laringe localizado, como o do Lula, é “altamente curável”, já que o câncer não chegou a se espalhar pelo organismo. Conforme Buzaid, a maioria dos casos é diagnosticada no início por causa dos sintomas aparentes, como a rouquidão crônica. “O paciente percebe que continua rouco após três ou quatro semanas e procura um médico. Isso torna esse tipo de câncer de fácil diagnóstico”, completa o oncologista.

Em geral, quando diagnosticado em seu estágio inicial, o câncer de garganta é tratado através de radioterapia e, se pequeno, removido por meio de uma cirurgia a laser. Na fase intermediária, a doença é tratada com quimioterapia e, se necessário, radioterapia. Já nos estágios avançados o tratamento consiste em sessões de quimioterapia e, em uma segunda fase, quimioterapia aliada à radioterapia. Em todos os casos, inclusive nos mais avançados, os médicos evitam a cirurgia convencional por se tratar de um procedimento muito danoso. “Os pacientes podem ficar roucos para sempre”, explica Buzaid. Os médicos do Hospital Sírio Libanês, que optaram pela quimioterapia no tratamento do ex-presidente Lula, afirmaram se tratar de um tumor pequeno, mas não informaram em que fase a doença foi diagnosticada.

Causas – O médico José Vartanian, cirurgião de cabeça e pescoço do Hospital Sírio Libanês, diz que o consumo de álcool pode aumentar em até dez vezes as chances de uma pessoa desenvolver câncer em órgãos como laringe e boca. Já o cigarro aumenta em até 25 vezes as chances do surgimento da doença. De acordo com o Instituto Nacional do Câncer, cerca de 2/3 dos tumores aparecem na corda vocal e 1/3 surgem na região localizada acima das cordas vocais.

Leia mais:

Suspeita surgiu na festa de aniversário de Lula

Tratamento deve durar 3 meses, diz oncologista de Lula

Lula vai fazer quimioterapia para tratar câncer na laringe

A saúde da República, nas mãos do Hospital Sírio-Libanês