Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

De asma a leucemia, as doenças que o vazamento de óleo pode causar

As dezenas de voluntários que ajudam na limpeza das praias devem usar luvas, botas, máscara e calças compridas

Por Redação 22 out 2019, 13h50

Enquanto as manchas de óleo avançam pelas praias do Nordeste, grupos de voluntários se organizam para ajudar na remoção do poluente, que fica impregnado na areia e nos corais. Mas especialistas alertam sobre a necessidade de se proteger adequadamente para evitar que o contato com o petróleo traga prejuízos à saúde. Isso porque o material pode desencadear doenças de pele e a inalação dos gases liberados com a vaporização do petróleo pode levar a doenças respiratórias, como bronquite e asma.

Além disso, em caso de exposição prolongado pode haver problemas mais graves. “Petróleos que possuem mais benzeno em sua composição podem, em casos mais graves, provocar alterações neurológicas e até leucemia”, diz Anthony Wong, diretor do Centro de Assistência Toxicológica da Universidade de São Paulo (USP).

Por esse motivo, recomenda-se que os banhistas se mantenham longe do mar e, em caso de contato, lavem-se imediatamente com água e sabão.

Alerta aos voluntários

Para quem participa dos mutirões, que tem conseguido recolher grandes porções do óleo, é necessário se proteger com luvas e botas e evitar ao máximo entrar em contato com o poluente. Em Pernambuco, os grupos sido orientados pela organização Xô Plástico para usar material de proteção.

Órgãos públicos salientam que além de luvas e botas, as pessoas devem utilizar máscara e calça comprida. No entanto, ainda há muitos voluntários trabalhando sem a segurança necessária. “Tem gente que se melou toda de óleo”, conta a estudante de Educação Física Louise Foster, que faz limpeza voluntária na Praia de Itapuama, no Cabo de Santo Agostinho.

O secretário de Meio Ambiente e Sustentabilidade de Pernambuco, José Bertotti, afirma que o tamanho do desastre dificulta a distribuição de kits de proteção a todos. “A gente conseguiu material de doação de empresas e a Defesa Civil fez distribuição”, disse.

(Com Estadão Conteúdo)

Continua após a publicidade

Publicidade