Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Covid-19: vacina italiana tem boa resposta imune nos testes da Fase II

Estudo foi realizado com mais de 900 voluntários acima de 18 anos

Por Matheus Deccache 12 jul 2021, 14h49

A Itália anunciou nesta segunda-feira, 12, que a vacina desenvolvida em território nacional pela empresa ReiThera apresenta boa resposta imunológica e não provocou efeitos colaterais importantes em testes clínicos intermediários da fase II.

De acordo com o laboratório, a GRAd-COV2 induziu a formação de anticorpos contra o novo coronavírus em 93% dos voluntários três semanas após a aplicação da primeira dose e 99% após a segunda dose. 

Apesar dos números otimistas, a ReiThera precisa de pelo menos 60 milhões de euros para dar início aos testes referentes à fase III. Em maio, um tribunal de auditoria estadual rejeitou um plano para injetar dinheiro público na empresa. Nesta segunda-feira, o laboratório disse que dois conselhos consultivos independentes recomendaram o avanço nos estudos, porém sem atualizações sobre o financiamento.

Conversas entre a companhia e a União Europeia têm ocorrido a respeito de sua distribuição em todo o continente, uma vez que o bloco busca diversificar os suprimentos para aumentar a produção e demanda das vacinas dentro da Europa.

O estudo da fase II foi conduzido em 24 centros clínicos espalhados pela Itália e contemplou 917 voluntários com idade acima dos 18 anos. Destes, 25% tinham mais de 65 anos e apresentavam condições associadas a sintomas mais graves da Covid-19. 

Continua após a publicidade
Publicidade