Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Covid-19: Prefeitura de SP começará a aplicar 3ª dose da vacina na quinta

Nova etapa vale para qualquer adulto acima de 18 anos que tenha completado cinco meses desde a vacinação com a 2ª dose da CoronaVac, Astrazeneca ou Pfizer

Por Da Redação 16 nov 2021, 22h42

A prefeitura de São Paulo confirmou nesta terça-feira, 16, que vai iniciar a vacinação com doses de reforço contra a Covid-19 nesta quinta-feira. A terceira aplicação do imunizante vale para qualquer adulto acima de 18 anos que tenha completado cinco meses desde a vacinação com a segunda dose da CoronaVac, Astrazeneca ou Pfizer.

O calendário começa na capital paulista com aqueles que completaram o esquema até 27 de abril. Na sexta-feira, podem procurar os postos de vacinação aqueles que tenham sido vacinados até o dia 17 de junho. Os outros dias ainda não foram definidos. Segundo a administração municipal, todos receberão a dose de reforço da Pfizer. A expectativa da prefeitura é de que, nos dois dias, cerca de 800 mil pessoas procurem os postos.

A decisão foi tomada no mesmo dia que o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, anunciou a dose de reforço para todos os adultos. Antes, a vacina adicional estava liberada apenas para idosos, imunossuprimidos e profissionais de saúde.

Além disso, o ministério também informou que o intervalo entre a segunda e a terceira dose caiu de seis para cinco meses. A definição do calendário para aplicação e divisão de faixas etárias, porém, fica a cargo de estados e municípios. O governo também divulgou que imunizados com a vacina da Janssen devem receber duas novas aplicações.

Apesar do anúncio do governo federal, a decisão do Ministério da Saúde de ampliar a dose de reforço para todos os adultos acima de 18 anos ainda não possui o aval da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Mas isso não impede, porém, que a terceira dose seja aplicada.

Continua após a publicidade

Publicidade