Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Covid-19: Maceió é a primeira capital a vacinar todo o grupo prioritário

A capital alagoana conclui na quarta-feira a vacinação deste público, que corresponde a 20% da população

Por Giulia Vidale Atualizado em 18 Maio 2021, 18h51 - Publicado em 18 Maio 2021, 18h37

Maceió irá concluir na quarta-feira, 19, a aplicação de ao menos uma dose da vacina contra Covid-19 em todas as pessoas dos grupos prioritários definidos pelo Ministério da Saúde, o que corresponde a cerca de 20% da população.  A capital alagoana será a primeira capital brasileira a conquistar tal feito.

Com a finalização desta etapa, a expectativa é iniciar já na quinta-feira, 20, a imunização de pessoas com 59 anos que não possuem comorbidades. À medida em que as doses sejam recebidas, a idade será decrescida.

Entre os imunizados estão pessoas com deficiência permanente, trabalhadores do ensino básico, forças de segurança, caminhoneiros e pessoas em situação de rua. Maceió é, segundo o Ministério da Saúde, a capital que melhor administra doses recebidas e aplicadas na população: 88,7% das doses que chegaram à cidade já foram aplicadas.

Nesta terça-feira, 18, a capital alagoana ultrapassou a marca de 300.000 doses aplicadas. De acordo com o vacinômetro da prefeitura, 208.749 pessoas receberam a primeira dose e 97.727 estão completamente imunizadas.

Os grupos prioritários definidos pelo Ministério da Saúde incluem trabalhadores da saúde e educação, portadores de comorbidades, pessoas com deficiência permanente, funcionários do Sistema de Privação e Liberdade, população privada de liberdade, gestantes e puérperas com comorbidades, forças de segurança e forças armadas, trabalhadores do transporte coletivo rodoviário, metroviário e ferroviário, aéreo, caminhoneiros, portuários, trabalhadores industriais e trabalhadores da limpeza e indústria.

Confira o andamento da vacinação no Brasil:

Continua após a publicidade
Publicidade