Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Covid-19: Israel suspende uso obrigatório de máscaras ao ar livre

Decisão vale a partir de domingo; de acordo com monitor da Bloomberg, 54% da população já tomou duas doses de vacinas contra a Covid-19

Por Mariana Rosário Atualizado em 16 abr 2021, 19h47 - Publicado em 16 abr 2021, 13h59

A partir do próximo domingo, 18, o uso de máscaras em áreas externas deixará de ser obrigatório em Israel.  O anúncio foi realizado pelo ministro da Saúde, Yuli Edelstein. Em ambientes fechados, porém, mantém-se a necessidade de cobrir o rosto para evitar a propagação da Covid-19.

“As máscaras têm como objetivo nos proteger do coronavírus”, disse Edelstein . “Depois que os profissionais decidiram que isso não era mais necessário em espaços abertos, decidi habilitá-los para tirá-las.” As informações são do jornal The Times of Israel.

LEIA TAMBÉM: Covid-19: por que é importante tomar a segunda dose da vacina

A decisão só pode ser tomada diante do avanço da vacinação do país. De acordo com o painel da agência Bloomberg,  por volta de 54,8% da população recebeu duas doses de imunizantes contra a Covid-19. Dados da agência Reuters apontam que no último dia 14 de abril foram registradas 8 mortes e 243 novas infecções — o número de diagnósticos positivos é correspondente a 2% do total aferido ao longo do pico da doença, em janeiro deste ano.

Continua após a publicidade
Publicidade