Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Covid-19: Hospital Albert Einstein tem recorde em internações diárias

Instituição chegou à lotação de 104% dos leitos disponíveis para infectados com o coronavírus e acometidos por outras doenças

Por Mariana Rosário Atualizado em 26 fev 2021, 15h07 - Publicado em 26 fev 2021, 15h00

O Hospital Albert Einstein, em São Paulo, informou nesta sexta-feira, 26, que a ocupação total dos leitos da instituição está em 104%. A taxa considera pacientes com Covid-19 e sem a doença.

Na quinta-feira 25, o hospital teve o recorde de internações por conta da infecção desde o início da pandemia: dos 70 atendimentos que necessitaram internações, 26 foram em decorrência do coronavírus.

A instituição afirma que, para efeitos de comparação, ontem, 25, havia 123 pacientes com Covid-19 internados (65 na UTI). Hoje, 26, são 141 internados (70 na UTI).

Em nota, o Einstein afirmou que “é importante ressaltar que o hospital possui um sistema de gerenciamento de leitos clínicos e de UTI que permite aumentar a capacidade de atendimento conforme a demanda. Porém, em cenário de lotação total, pode ser necessário um tempo de espera para obtenção de leitos”.

Com 104% da lotação, os pacientes estão aguardando no Pronto Atendimento, recebendo todos os cuidados, a liberação de um leito regular.

Continua após a publicidade
Publicidade