Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Coronavírus: hospital de campanha no Ibirapuera será aberto em maio

Centro de saúde temporário terá 268 leitos

Por Da Redação 15 abr 2020, 16h21

Com o avanço da pandemia do novo coronavírus em São Paulo — o secretário de saúde informou que os leitos do estado lotem até maio— o Governo do Estado de São Paulo deu mais detalhes sobre um novo hospital de campanha que será montado no Complexo do Ibirapuera.

A operação incluirá duas tendas montadas sobre uma área de 7.500 metros quadrados para atender até 268 pessoas simultaneamente. A capacidade é de 240 leitos para baixa complexidade e outros 28 de estabilização. A previsão para início dos trabalhos é para o feriado de 1º de maio.

  • O hospital tem como missão desafogar o grande fluxo de pessoas em centros de atendimento no Estado. Para se ter uma ideia, o Instituto de Infectologia Emílio Ribas tem 80% da enfermaria ocupada e 100% da UTI, já o Hospital das Clínicas tem 73% da UTI ocupada e 62% da UTI. Diante da lotação que chegou ao seu pico nesta quarta-feira,15, o Emílio Ribas deve abrir mais 20 leitos para abrigar novos pacientes.

    Participaram da coletiva de imprensa do coordenador do centro de contingência do Coronavírus, David Uip, e também o Secretário Estadual de Saúde José Henrique German.

    Testes

    O governo informou que a a capacidade de processamento dos testes em todo o Estado está na monta de 2 000 amostras diárias. A estimativa é que este número aumente para 5 000 na próxima semana e 8 000 em cerca de catorze dias. A fila de exames já coletados, mas não avaliados, deve ser zerada no dia 24. Até ontem, esse número estava era de 15 600 testes na fila de espera.

    Continua após a publicidade
    Publicidade