Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Coquetel da AstraZeneca reduz casos graves e mortes por Covid-19

Ainda em teste, a farmacêutica anunciou que a associação de anticorpos diminuiu em 50% a chance de agravamento da doença

Por Simone Blanes 11 out 2021, 12h23

A AstraZeneca desenvolveu um coquetel de drogas experimentais contra a Covid-19 que se mostrou eficaz na redução de casos graves e mortes em pacientes não hospitalizados. A farmacêutica divulgou a informação nesta segunda-feira 11, por meio de um comunicado.

Segundo a farmacêutica, em estudo com cerca de 900 pacientes, o tratamento experimental composto de dois anticorpos chamado AZD7442 reduziu em 50% o risco de desenvolver a forma grave da doença e morte em pacientes sintomáticos. Os resultados, porém, ainda não foram avaliados e revisados por outros cientistas e nem publicados em revistas científicas.

“Estes resultados positivos mostram que uma dose intramuscular conveniente de AZD7442 poderia desempenhar um papel importante ao ajudar a combater esta pandemia devastadora”, disse Hugh Montgomery, principal pesquisador do estudo.

Junto com a Universidade Oxford, a farmacêutica criou o imunizante contra a Covid-19 mais usado no mundo. No Brasil, a vacina é produzida pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

Continua após a publicidade
Publicidade