Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

CDC aponta adenovírus como principal hipótese para hepatite em crianças

Autoridades de saúde indicam que vírus de resfriado comum pode estar por trás da doença misteriosa que já causou ao menos seis mortes no mundo

Por Simone Blanes Atualizado em 21 Maio 2022, 12h33 - Publicado em 21 Maio 2022, 12h08

O Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC), órgão de saúde dos Estados Unidos, afirmou nesta sexta-feira 20, que o adenovírus, vírus comum na infância que causa resfriado, é a principal hipótese para os casos recentes de hepatite grave misteriosa em crianças, que provocou ao menos seis mortes e está sob investigação – só nos Estados Unidos, são 180 casos identificados – desde outubro do ano passado.

“Estão se acumulando evidências de que existe participação do adenovírus, particularmente o adenovírus-41”, afirmou Jay Butler, vice-diretor do CDC para doenças infecciosas. De acordo com Butler, cerca de metade das crianças diagnosticadas nos últimos meses também estavam infectadas com um tipo de adenovírus.

Ele disse também que uma teoria a ser analisada é que as medidas para enfrentamento da pandemia podem ter limitado a exposição ao adenovírus, e a partir do momento que foram flexibilizadas, a circulação do vírus aumentou, levando a infecções. “O CDC também investiga se a Covid-19 pode estar desempenhando um papel, bem como outros patógenos, medicamentos e fatores de risco”

Em abril, o CDC emitiu um alerta de atenção para as crianças com hepatite, que pode provocar danos ao fígado e levar à insuficiência hepática.

 

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo de VEJA. Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app (celular/tablet).

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.



a partir de R$ 39,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet. Edições de Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)