Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Capitais começam vacinação infantil contra Covid – SP tem mais doses

Prioridade é imunização de crianças indígenas aldeadas ou com comorbidades ou deficiências permanentes

Por Da Redação 15 jan 2022, 12h30

Crianças indígenas aldeadas ou com comorbidades ou deficiências permanentes começam a ser vacinadas contra a Covid-19 neste sábado, 15. Uma cerimônia simbólica feita pelo governo de São Paulo – e alvo de críticas do ministro da Saúde, Marcelo Queiroga – marcou ontem o início da imunização infantil, com o garoto de 8 anos Davi Seremramiwe Xavante recebendo a primeira dose do imunizante infantil da Pfizer.

Neste sábado, pelo menos oito capitais – Florianópolis, Vitória, Belo Horizonte, Campo Grande, Salvador, Fortaleza, São Luís e Aracaju – começam a vacinar crianças de cinco a 11 anos. Brasília e João Pessoa darão início a aplicação de doses infantis no domingo, e o restante das capitais a partir de segunda-feira.

Ao todo, o Ministério da Saúde enviou 34.600 doses para crianças indígenas aldeadas nas regiões Centro-Oeste, Nordeste, Sudeste e Sul – a região Norte integrará uma segunda etapa de imunização. Entre os estados, São Paulo é o que recebeu o maior número de doses (252.580), seguido de Minas gerais (112.600), Rio de Janeiro (93.500) e Bahia (88.200). a previsão é que uma nova remessa de doses pediátricas, de 1,2 milhão de vacinas contra o Covid, chegue ao país no domingo.

Publicidade