Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Câncer de laringe mata cerca de mil pessoas por ano em São Paulo

Por AE

São Paulo – A mortalidade por câncer de laringe, doença diagnosticada no ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no último final de semana, cresceu 12% entre os paulistas no período de dez anos,segundo levantamento da Secretaria de Estado da Saúde. Os dados mais recentes são de 2009. A doença, relacionada ao tabagismo e o consumo do álcool, mata cerca de mil pessoas por ano em São Paulo.

Quando considerado os dados para todo o País sobre o câncer de laringe, a mortalidade também chama atenção: enquanto no mundo cerca de 25% dos pacientes com a doença morrem, no Brasil a maioria não sobrevive, segundo números da Organização Mundial da Saúde

reunidos no Globocan 2008 – projeto que fornece estimativas de incidência e de mortalidade dos principais tipos de câncer para todos os países do mundo. As informações são do Jornal da Tarde.

AE