Clique e assine a partir de 9,90/mês

Campanha de vacinação da gripe em SP é estendida para todos

Imunização ocorre em unidades de atendimento do Sistema Único de Saúde até 24 de julho

Por Da Redação - Atualizado em 30 Jun 2020, 18h59 - Publicado em 30 Jun 2020, 14h25

O governo do Estado de São Paulo anunciou que a campanha de vacinação contra o vírus influenza, o que causa a gripe, foi prorrogada até dia 24 de julho, ou enquanto durarem os estoques do fármaco. Nesta última etapa que inicia-se na próxima quarta-feira, 1º, pessoas de qualquer faixa etária poderão ser imunizadas por meio do Sistema Único de Saúde.

LEIA TAMBÉM
Vacinas para outras infecções podem prevenir contra o novo coronavírus?

De acordo com o coordenador do centro de controle de doenças da Secretaria Estadual de Saúde, Paulo Menezes, a campanha inicialmente focada em grupos específicos foi bem-sucedida. Foi possível, por exemplo, cobrir todo o público previsto para imunização da terceira idade. Com a pandemia, os grupos de gestantes e crianças (que também têm acesso prioritário a vacina) não atingiram a meta de atendimentos que era de 90%. Estas faixas da população, portanto, podem ainda buscar a imunização em unidades básicas de saúde nesta nova etapa da campanha.

Dados da pandemia

Nesta terça-feira, 30, o estado de São Paulo ultrapassou os 280.000 casos confirmados de Covid-19. São, ao todo, 281.380 casos confirmados e mais 14.763 óbitos em toda a pandemia. Nas últimas 24 horas, foram registrados 6.235 casos e mais 365 óbitos. Normalmente, as terças são dias com altas taxas de novas contaminações e óbitos, por conta do atraso de notificações durante os finais de semana, quando as secretarias de Saúde funcionam em esquema de plantão.

Considerando as últimas semanas, trata-se dos mais baixos índices diários das últimas duas semanas. Em 16 de junho, o patamar de mortes era o mesmo e o de casos estava em 8.825 registros, uma taxa 29,3% menor do que a aferida hoje

Continua após a publicidade

ASSINE VEJA

Wassef: ‘Fiz para proteger o presidente’ Leia nesta edição: entrevista exclusiva com o advogado que escondeu Fabrício Queiroz, a estabilização no número de mortes por Covid-19 no Brasil e os novos caminhos para a educação
Clique e Assine

 

Publicidade