Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Café pode reverter sintomas do mal de Alzheimer

Beber cinco xícaras de café ao dia pode reverter o sintomas do mal de Alzheimer, sugere uma pesquisa realizada nos Estados Unidos. O estudo, feito em ratos, revelou ainda que a cafeína também pode inibir a produção da proteína beta-amiloide, considerada a causadora da doença.

Os pesquisadores usaram 55 camundongos criados para desenvolver o Alzheimer, com idade entre 18 e 19 meses, cerca de 70 anos da idade humana, e os separaram em dois grupos. Um grupo recebia 500 miligramas de cafeína misturada na água todos os dias e o outro recebia água pura.

Quando os cientistas fizeram testes comportamentais com os animais para ver como eles reagiriam, o grupo que ingeriu cafeína se saiu muito melhor nos testes de memória, habilidade e pensamento, suas performances foi equivalente a de camundongos sadios. Já aqueles que beberam água pura não evoluíram no teste.

O diagnóstico mostrou ainda que nos cérebros dos ratos que tomaram cafeína, a produção de beta-amiloide caiu em cerca de 50%. Os cientistas também criaram outros camundongos para desenvolver o Alzheimer, mas eles tomaram cafeína na idade adulta e não foram afetados com problemas na memória.

O pesquisador Gary Arendash, que liderou o último estudo comemorou o resulado. �Isso mostra que a cafeína pode ser viável para o tratamento de Alzheimer e não simplesmente uma estratégia protetora�, disse.

Apesar dos ótimos resultados da pesquisa, os cientistas afirmam que ainda é cedo demais para concluir que a cafeína de fato colabora para a reversão do Alzheimer e que o próximo passo é repetir o teste em humanos.