Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Bruno Covas se licencia para se restabelecer de efeitos da radioterapia

De acordo com a equipe médica, prefeito de São Paulo, que trata de um câncer na cárdia, teve perda de apetite e cansaço como efeitos colaterais

Por Adriana Dias Lopes Atualizado em 18 jan 2021, 22h25 - Publicado em 18 jan 2021, 22h17

O prefeito de São Paulo Bruno Covas tirou dez dias de licença do cargo nesta segunda-feira, 18, para se recuperar dos efeitos da radioterapia, que terminou hoje. Ele faz tratamento contra um câncer diagnosticado na cárdia, transição entre estômago e esôfago. A recomendação do afastamento foi feita pelos profissionais que cuidam de Bruno Covas.

De acordo com os médicos que cuidam do prefeito, foram 23 sessões de radioterapia. A previsão da equipe do Hospital Sírio Libanês é que, assim que terminar a licença de dez dias, ele volta com a imunoterapia e exames de controle. Ainda segundo os médicos, os efeitos colaterais foram perda de apetite e cansaço.

Bruno Covas é atendido pela equipe médica coordenada pelos médicos David Uip, Roberto Kalil Filho, Tulio Eduardo Flesch Pfiffer, Artur Katz e João Luiz Fernandes da Silva, do Hospital Sírio Libanês.

Íntegra da nota do Hospital Sírio Libanês

O prefeito Bruno Covas completou hoje, dia 18, uma nova etapa de seu tratamento. Foi submetido à sessão complementar de radioterapia. O prefeito deverá reservar os próximos 10 dias para repouso e cuidados pessoais. Após este período está prevista a continuidade do tratamento com imunoterapia e exames de controle.O prefeito Bruno Covas vem sendo acompanhado pelas equipes médicas coordenadas pelo Prof. Dr. David Uip, pelo Prof. Dr. Roberto Kalil Filho, Dr. Artur Katz, Dr. Tulio Eduardo Flesch Pfiffer e Dr. João Luis Fernandes da Silva.

Continua após a publicidade
Publicidade