Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Brasil fica à frente apenas de três países na arrancada da vacinação

O cálculo é em relação a cada 100 mil habitantes em quatro dias de imunização em 51 países. O número é superior apenas ao de Bélgica, México e Costa Rica

Por Alexandre Senechal Atualizado em 21 jan 2021, 13h50 - Publicado em 20 jan 2021, 18h34

Nos primeiros quatro dias de vacinação, o Brasil ainda não atingiu uma parcela significativa da população, em comparação ao mesmo período com outros países que já iniciaram a imunização. Desde que a primeira dose da Coronavac, o imunizante desenvolvido pela Sinovac em parceria com o Instituto Butantan, em São Paulo, foi aplicada no domingo, 17, 31.544 brasileiros foram vacinados. No cálculo por 100.000 habitantes, os números da imunização no país são modestos e ficam à frente somente dos registrados por Bélgica, México e Costa Rica.

Um levantamento produzido por VEJA comparou a situação dos 51 países do mundo que já iniciaram a vacinação nos primeiros quatro dias. Até as 18 horas desta quarta-feira, 20, o Brasil havia imunizado apenas 0,01 pessoa a cada 100.000 habitantes, deixando o país na 48ª posição da lista, somente acima de Bélgica (0,006), México (0,005) e Costa Rica (0,001). Os números mundiais são do site Our World in Data.

Os Emirados Árabes Unidos atingiram a maior parcela da população após quatro dias do início da vacinação. O país do Oriente Médio imunizou quase 1 milhão de pessoas e chegou a quase 10 pessoas vacinadas por 100.000 no período. Seychelles, Bahrein, Islândia e Reino Unido vêm logo atrás.

Os dados indicam que o Brasil ainda tem um longo caminho para percorrer no combate à Covid-19. Porém, em números absolutos, o cenário não é tão ruim. No total de vacinados em quatro dias, o Brasil ocupa a 16ª colocação entre os 51 países, logo atrás da vizinha Argentina.

Confira o total de vacinados e a parcela atingida da população de cada país nos primeiros quatro dias:

Confira os números da vacinação nos estados brasileiros até esta quarta, 18h:

Continua após a publicidade
Publicidade