Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Após flexibilizar quarentena, SP tem recorde diário de casos de Covid-19

Nesta quinta-feira foram confirmados 6.382 novos casos da doença, maior aumento em 24 horas; total de infectados chega a 95.865

Por Da redação Atualizado em 28 Maio 2020, 18h47 - Publicado em 28 Maio 2020, 18h43

Nesta quinta-feira, 28, um dia após o governador João Doria anunciar a flexibilização da quarentena a partir da próxima semana, o estado de São Paulo registrou recorde diário no número de novos casos de infecção por coronavírus. Nas últimas 24 horas foram confirmados 6.382 casos, chegando ao total de 95.865, segundo dados da Secretaria Estadual da Saúde. Até então, o maior número diário registrado havia sido em 15 de maio, com 4.092 casos.

Também foram confirmadas 268 novas mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas no estado, chegando ao total de 6.980 vítimas. Vale ressaltar que as confirmações, tanto de óbitos quanto de casos, não significa que os eventos aconteceram de fato de um dia para o outro. Apenas indica a data em que foram inseridos no sistema. De qualquer forma, mostra um avanço da epidemia.

O número de pessoas internadas também continua a subir. Atualmente, 12.506 pessoas estão internadas com diagnóstico confirmado ou suspeita de Covid-19. Dessas, 4.701 estão em UTI e 7.805 em enfermaria. Há apenas nove dias, eram 3.000 pessoas a menos. O total de internados em 19 de maio, quando estado registrou recorde no número de óbitos, era de 9.561.

A taxa de ocupação dos leitos de UTI reservados para atendimento a Covid-19 é de 77,4% no estado e 89,2% na Grande São Paulo. Atualmente, 517 cidades já registram casos da doença. Há nove dias 228 municípios tinham casos registrados. O índice de isolamento social na quarta-feira, 27, foi de 48% no estado e 49% na capital. Bem abaixo do mínimo recomendado pelas autoridades locais de saúde de 55%.

Continua após a publicidade

Publicidade