Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Anvisa proíbe pomadas de cabelo por casos de cegueira temporária

A agência sanitária adotou medida preventiva para produtos modeladores de cabelos e tranças que provocam efeitos adversos

Por Simone Blanes Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO Atualizado em 10 fev 2023, 16h29 - Publicado em 10 fev 2023, 11h15

Após relatos de casos de cegueira temporária, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proibiu a comercialização de todas as pomadas modeladoras de cabelo e para tranças no Brasil. A agência publicou uma portaria nesta sexta-feira, 10, determinando que nenhum lote desses produtos pode ser vendido ou utilizado por consumidores e profissionais de beleza.

No Rio de Janeiro, essas pomadas já estavam proibidas pelo mesmo motivo. Mesmo ainda não tendo uma comprovação definitiva, a agência sanitária proibiu as pomadas como uma medida de prevenção pelos relatos.

Em nota, a Anvisa orienta o que os consumidores e profissionais de beleza devem fazer. Quanto aos consumidores, a agência recomenda que não comprem nem usem pomadas modeladoras de cabelo e, no caso de uso recente, lavem os cabelos com cuidado, sempre lembrando de inclinar a cabeça para trás, para que o produto não entre em contato com os olhos. Se houver contato acidental do produto com os olhos, lavar imediatamente com muita água e, se se manifestar qualquer sintoma indesejado, procurar com urgência o serviço de saúde mais próximo e notificar o caso à Anvisa.

Para os profissionais de beleza, salões e comércio em geral, a entidade orienta que não sejam utilizados esses produtos em nenhum cliente, já que seu manuseio pode trazer risco não só a quem recebe, mas também a quem o manipula. A Anvisa avisa ainda que os produtos não devem ficar expostos ao consumo ou ao uso de clientes.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.