Clique e assine com até 92% de desconto

Anvisa derruba exigência da retenção de receita para ivermectina

Associado a tratamentos preventivos da Covid-19, o antiparasitário chegou a ter aumento de 2 000% nas vendas nos primeiros meses do ano

Por Da redação Atualizado em 2 set 2020, 17h55 - Publicado em 2 set 2020, 13h19

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) derrubou a exigência da retenção de receita para os medicamentos antiparasitários ivermectina e nitazoxanida. A medida restritiva havia sido tomada cerca de dois meses atrás, frente o estrondoso aumento na procura por esses remédios. O motivo: ambos foram associados por especialistas a tratamentos preventivos da  Covid-19.

LEIA TAMBÉM: Ivermectina: o que sabemos sobre seu uso contra o coronavírus

Algumas prefeituras, como da cidade de Porto Feliz, interior de São Paulo, chegaram a adotar o uso das medicações nos cuidados da infecção (veja vídeo abaixo). “Verificou-se que os medicamentos ivermectina e nitazoxanida, no momento, não se encontram sob ameaça de desabastecimento de mercado”, afirmou a agência, em nota. Os remédios registraram um aumento de quase 2.000% nos primeiros meses do ano, em relação ao mesmo período de 2019. 

  •  

    Continua após a publicidade
    Publicidade