Veja Digital - Plano para Democracia: R$ 1,00/mês

ANS investiga indícios de infrações cometidas pela Prevent Senior

Agência diz que iniciou investigação quando soube de denúncias de interferência da operadora na conduta de médicos no tratamento da Covid-19

Por Da Redação 1 out 2021, 21h38

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) divulgou nesta sexta-feira (1º) comunicado para informar que está tomando todas as providências possíveis para apuração dos indícios de infrações à legislação da saúde suplementar e está atuando para um rápido retorno à sociedade dentro de suas atribuições, com relação às denúncias divulgadas esta semana sobre a operadora Prevent Senior pela CPI da Covid-19.

A ANS abriu dois processos para apurar as acusações e afirma que já realizou diligências in loco e telefônicas. Além disso, a agência fez uma reunião com representantes da empresa e relata ainda que enviou ofícios a médicos e ex-médicos da Prevent.

“A ANS iniciou suas ações tão logo teve ciência das denúncias contra a Prevent Senior. Assim que foram divulgadas as denúncias de interferência da operadora no trabalho dos médicos e de não comunicação da operadora sobre o uso de medicamentos, a ANS instaurou processos de apuração (respectivamente em 8/09 e em 20/09) e realizou diligências in loco e telefônicas; solicitou informações à operadora; enviou ofícios a médicos e ex-médicos; e realizou reunião presencial com representantes da operadora. As análises das informações estão em curso e são necessárias para subsidiar as decisões sobre medidas que venham a ser tomadas pela ANS”, aponta o comunicado.

A agência reguladora ressaltou ainda que “não tem competência para regular a atividade de profissionais e dos estabelecimentos de saúde”. Segundo a nota, a Prevent Senior tem obrigação de manter a assistência aos seus mais de 540 mil beneficiários – “com qualidade e em tempo oportuno”.

Para esclarecimento de dúvidas ou registro de reclamações e de denúncias, a ANS disponibiliza os seguintes canais de atendimento: Disque ANS: 0800 701 9656, Fale Conosco em http://www.gov.br/ans e a central de atendimento ao deficiente auditivo: 0800 021 2105.

Com Agência Brasil

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Plano para Democracia

- R$ 1 por mês.

- Acesso ao conteúdo digital completo até o fim das eleições.

- Conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e acesso à edição digital da revista no app.

- Válido até 31/10/2022, sem renovação.

3 meses por R$ 3,00
( Pagamento Único )

Digital Completo



Acesso digital ilimitado aos conteúdos dos sites e apps da Veja e de todas publicações Abril: Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Placar, Superinteressante,
Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)