Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Angela Merkel completa imunização com vacinas diferentes

Porta-voz diz que vacinação cruzada foi intencional, para mostrar que não há problemas

Por Da Redação 23 jun 2021, 16h02

Prestes a deixar o cargo, a chanceler alemã, Angela Merkel, tem usado de sua posição para se manifestar e dar exemplo em questões relacionadas ao combate contra a pandemia de Covid-19. Após ter tomado a primeira dose da vacina da AstraZeneca, Merkel completou sua imunização na terça-feira com a fórmula da Moderna. Um porta-voz disse que ela recebeu duas vacinas diferentes em um esforço consciente para encorajar as pessoas a não terem medo se forem aconselhadas nesse sentido.

Merkel, 66 anos, foi vacinada com o imunizante da AstraZeneca em 16 de abril, pouco depois de as autoridades sanitárias da Alemanha terem recomendado o produto apenas para maiores de 60 anos. Para a segunda injeção, ela recebeu a vacina Moderna. “E agora ela talvez tenha afastado o medo das pessoas, que estavam ou estão preocupadas com essa chamada vacinação cruzada”, disse Steffen Seibert, porta-voz do governo alemão.

O imunizante da AstraZeneca se baseia em um adenovírus inativo. Já a vacina da Moderna utiliza a tecnologia do RNA mensageiro (mRNA). Ainda não há estudos clínicos conclusivos sobre a eficácia de regimes de vacinação mistos, nos quais a segunda dose é de um produto diferente da primeira.

Publicidade