Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Amazonas decreta estado de emergência em nove cidades

Com seis mortes confirmadas, estado já registra 4.671 notificações da doença

Por Da Redação 10 fev 2011, 10h09

Manaus é o município com o maior número de notificações, 3.082, e 1.161 casos confirmados

O governador do Amazonas, Omar Aziz, decretou ontem estado de emergência em nove municípios amazonenses por conta da dengue. A capital, Manaus, além de Humaitá, Nova Olinda do Norte, Barcelos, Lábrea, Tefé, Coari, Codajás e Itacoatiara definirão planos emergências para combater o mosquito transmissor e controlar a doença. Dados da Secretaria de Estado da Saúde (Susam) apontam que a associação do número de casos de dengue com o índice de infestação pelo mosquito, no mês de janeiro, indicam gravidade epidemiológica nestas cidades.

O Sistema de Informação de Agravos de Notificação (SINAM), atualizado na terça-feira, mostra que em todo o Estado, desde o dia 1.º de janeiro deste ano, foram notificados 4.671 casos de dengue, dos quais 1.173 confirmados. O número de notificações já alcança o total de casos confirmados em 2010, 4.182, e representa a metade dos registros de 2008 – 8,5 mil casos confirmados.

Manaus é o município com o maior número de notificações, 3.082, e 1.161 casos confirmados. O último Levantamento do Índice Rápido de Infestação pelo Aedes aegypti (LIRAa), realizado em janeiro, mostra que nos nove municípios os índices variam de 4,2%, em Coari, a 6,1%, em Lábrea. Os índices são considerados de alto risco. Seis mortes pela doença foram confirmadas até o momento.

(Com Agência Estado)

Continua após a publicidade
Publicidade