Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Aceitação da família protege homossexuais da depressão

O comportamento positivo dos pais é fundamental para a vida desses jovens

O apoio da família a um adolescente homossexual pode ser crucial para evitar problemas de saúde no futuro. De acordo com estudo publicado nesta segunda-feira pelo Journal of Child and Adolscent Psychiatric Nursing, comportamentos positivos dos pais em relação à opção sexual de seus filhos reduzem significativamente a tendência desses jovens em desenvolver depressão, usar drogas e até cometer suicídio.

Pela primeira vez, uma pesquisa estabeleceu relações claras entre a aceitação dos adultos e o desenvolvimento saudável dos jovens homossexuais. E mostrou ainda que atitudes específicas, como defender os filhos de qualquer preconceito e aceitar a expressão de sua sexualidade protegem diretamente contra distúrbios emocionais. Para o estudo, foram recrutados 245 jovens, com idades entre 21 e 25 anos, que contaram sobre sua opção sexual a um membro da família durante a adolescência. A aceitação da família foi medida a partir de um questionário que incluiu a ocorrência de comentários favoráveis, comportamentos positivos e interações com a identidade homossexual de seus filhos.

Concluiu-se que os homossexuais que são aceitos por suas famílias têm a autoestima mais elevada e maior apoio social na vida adulta, do que aqueles que não receberam esse suporte. “Trabalho há 35 anos com saúde e saúde mental de homossexuais e estou colocando a nossa pesquisa em prática, desenvolvendo um novo modelo prático para ajudar as famílias a lidar com seus filhos homossexuais”, diz Caitlin Ryan, diretora do projeto Aceitação Familiar da San Francisco State University e autora da pesquisa.