Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Veja Essa

As frases que marcaram a semana

“Isso aparece como ‘prova’ de que sou comunista. Só faltava essa. Cruz-credo!”

FERNANDO HENRIQUE CARDOSO, ex-presidente, respondendo a postagem na página de Jair Bolsonaro de uma foto antiga sua tendo na mão o livro 'Prisioneiro do Estado', do ex-primeiro-ministro chinês e crítico do regime Zhao Ziyang

“Brasil, ame-o ou deixe-o.”

VINHETA DO SBT exibida na terça 6. Diante das críticas por usar um slogan da ditadura militar, a emissora tirou a frase do ar

“A Unasul está praticamente falida, morreu e esqueceu de deitar.”

HAMILTON MOURÃO, vice-presidente eleito, decretando unilateralmente o fim da União de Nações Sul-Americanas e do “antiamericanismo infantil” na região

“A nossa convivência com a política tradicional, o financiamento empresarial de campanha, junto com isso veio corrupção (…), até em alguns casos o enriquecimento de algumas pessoas.”

GILBERTO CARVALHO, chefe de gabinete de Lula, ministro de Dilma Rousseff e cacique histórico do PT, admitindo que “a gente” (a cúpula petista) precisa “visitar nossos demônios”

“Por favor, permita que não retrocedamos décadas de luta pelas florestas.”

GISELE BÜNDCHEN, modelo e ativista ecológica, em apelo nas redes sociais dirigido a Jair Bolsonaro, sobre a aventada fusão dos ministérios da Agricultura e do Meio Ambiente

“Oumuamua pode ser uma sonda em plena atividade enviada de propósito na direção da Terra por alguma civilização alienígena.”

CENTRO DE ASTROFÍSICA da Universidade Harvard, sugerindo que pode ser um óvni um objeto em forma de charuto — batizado com um termo havaiano que significa “mensageiro de um passado distante” — detectado no sistema solar no ano passado

“É um exercício psicológico. (…) Uma espécie de purgatório luterano.”

ROMAN SCHATZ, escritor nascido na Alemanha e radicado na Finlândia, sobre o “Dia Nacional da Ciumeira” — neste ano, na quinta 1º —, quando todas as declarações de imposto de renda são abertas ao público

“Não recebi nenhuma informação, não sei dizer.”

JEAN WILLIAM SILVA, tenor, ao ser indagado sobre o motivo de ter sido apresentado como “Jean Silva”, e não como “Jean William”, como é conhecido, ao cantar o Hino na presença de Jair Bolsonaro em sessão do Congresso. Aparentemente, o motivo foi a semelhança com o nome de Jean Wyllys, deputado desafeto do presidente eleito

“Por que será que o pessoal que ganhou a eleição de 2016 mostra tanta raiva o tempo todo?”

BARACK OBAMA, ex-presidente dos Estados Unidos,alfinetando seu sucessor, Donald Trump, até hoje em guerra aberta no Twitter contra ele e a adversária democrata Hillary

“Eu cumpri todas as regras do jogo. O meu bumbum é verdadeiro. Mas a bunda dela é de plástico.”

ALINE UVA, inconformada representante do Rio Grande do Sul no trepidante concurso Miss Bumbum, depois de arrancar a faixa da vencedora, Ellen Santana, de Rondônia. Aline pediu desculpas

 (Taylor Jewell/Invision/AP)

“Olhei no espelho, me vi e falei: ‘Cara, você está sexy hoje’.”

IDRIS ELBA, ator inglês, brincando sobre sua reação ao saber que foi eleito o homem mais sexy do mundo pela revista 'People'

Publicado em VEJA de 14 de novembro de 2018, edição nº 2608