Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Veja Essa

As frases que marcaram a semana

Seria como ganhar na loteria.

SERGIO MORO, ministro da Justiça, sem dizer, mas dizendo, que quer ser indicado para uma vaga no Supremo Tribunal Federal

É famoso o exemplo envolvendo o antigo primeiro-ministro José Sócrates (na Operação Marquês), que, vendo a distância, percebe-se alguma dificuldade institucional para que esse processo caminhe num tempo razoável.

MORO, em semana animada, citando, em palestra em Lisboa, o político português como exemplo dos problemas para que se levem adiante as ações de combate à corrupção

É o que acontece quando um ativista político atua disfarçado de juiz.

JOSÉ SÓCRATES, ex-primeiro ministro português, rebatendo a fala de Moro. Acusado em 2014 de corrupção passiva e lavagem de dinheiro, ele chegou a passar dez meses preso, mas agora responde ao processo em liberdade

Começo uma nova fase em minha vida. Longe de todos que de perto nada fazem a não ser para si mesmos.

CARLOS BOLSONARO, o filho mais tuiteiro do presidente, anunciando pausa nos posts polêmicos. A nova fase durou 24 horas. Nos dias seguintes, ele deslanchou sua catilinária contra o vice Hamilton Mourão

É o que ele é: o melhor produtor de eventos que já conheci. Tudo muito rápido, mas superficial.

MÁRCIO FRANÇA, ex-governador de São Paulo, avaliando o atual, João Doria, para quem perdeu a eleição no ano passado

Ela simplesmente não existe.

MAJOR VITOR HUGO, deputado (PSL-GO), referindo-se à base governista no Congresso. Ele sabe do que fala: é líder do governo na Câmara

A Lei de Incentivo à Cultura mudou para melhor!

MINISTÉRIO DA CIDADANIA, no anúncio em seu site do vídeo em que o ministro Osmar Terra informa sobre cortes drásticos na verba para atividades culturais

Por exemplo, para os amigos dele aí, esses corruptos da comunidade judaica, que acham que, porque são da comunidade judaica, têm direito de ser corruptos. Corrupto, para mim, não interessa se é curdo ou cearense. Corrupto é corrupto, ladrão é ladrão.

CIRO GOMES, ex-presidenciável, em entrevista. A Confederação Israelita do Brasil diz que vai processá-lo pelas “infelizes declarações contra os judeus brasileiros”

As pessoas que decidem rejeitar o outro por um adjetivo não têm coração humano.

PAPA FRANCISCO, em programa de TV, diante da observação do entrevistador de que, “como homem gay, não me sinto aceito”

Queria votar no elefante, mas votei na flor por engano.

PAWAN KUMAR, eleitor indiano, que queria dar seu voto à oposição, mas se confundiu e marcou o partido do governo. Na Índia a votação é feita por símbolos, em vez de nomes, devido à alta taxa de analfabetismo. Inconformado, Kumar cortou a ponta do dedo

Eu fico boladão, velho. Fico bolado com essa parada aí.

VAGNER LOVE, atacante do Corinthians, incomodado com a presença de um deputado entre os jogadores do time, no momento de erguer a taça do Campeonato Paulista

O máximo que lia era xampu no banho.

MARIANA GOLDFARB, modelo, sobre a transformação por que passou quando descobriu a leitura, “há três, quatro anos”. Hoje diz que lê até três livros ao mesmo tempo

 (Fernando Young/Estadão Conteúdo)

Ficar com fome às vezes era bem chato.

MARIA PADILHA, atriz, que não tem saudade da falta de dinheiro no início da carreira

Publicado em VEJA de 1º de maio de 2019, edição nº 2632