Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Veja Essa

As frases que marcaram semana

Houve muitas crises sérias: o suicídio de Getúlio Vargas, o governo de João Goulart, o golpe militar, a campanha pelas diretas já. Não são novidade essas trepidações na nossa vida política. Qual é a grande diferença? No passado, você tinha o outro lado organizado para substituir. Agora não tem.

Fernando Henrique Cardoso, ex-presidente da República em um raio-x desalentador, exatamente pelo que tem de verdadeiro, feito em entrevista ao site brasileiro do diário espanho 'El País'

Cada um quer derrubar o outro.

Michel Temer, presidente da República, expressando, com propriedade, como vê o atual cenário brasileiro, em discurso no Planalto

A corrupção começa a acabar quando um pai ou a mãe tirar da cama o filho preguiçoso para ir à escola e mandá-lo para fazer prova, em vez de deixar o filhinho dormindo e pedir atestado médico para justificar a falta.

Torquato Jardim, ministro da Justiça, refletindo, na 'Folha de S.Paulo', sobre o assunto mais discutido no governo

Poucas pessoas na história do STF correm o risco de ver o seu nome e o da própria corte conspurcados por decisões que depois vão se revelar equivocadas.

Gilmar Mendes, ministro do Supremo Tribunal Federal, dirigindo-se ao colega Edson Fachin, relator da Lava-Jato, ao criticar a homologação do acordo de colaboração premiada do empresário Joesley Batista

Eu reitero o voto que proferi com base naquilo que entendo que é a prova dos autos. (…) Agradeço a preocupação de Vossa Excelência e digo que a minha alma está em paz.

Edson Fachin, em resposta a Gilmar Mendes

Eu mesmo não faço isso, mas acho interessante que os outros olhem com carinho para o meu passado.

Gilberto Gil, cantor e compositor, transformando as velhas formas do viver, diante do tempo rei, em 'O Estado de S. Paulo'

Não gosto que tirem fotos minhas, não gosto de conversar com jornalistas. Amo tocar música.

Eric Clapton, guitarrista, cantor e compositor inglês, falando a jornalistas — repetindo: falando a jornalistas — no Festival Internacional de Cinema de Toronto, onde foi exibido um documentário sobre sua vida, dirigido por Lili Fini Zanuck

Vou falar um absurdo para você, as pessoas vão me criticar, jornalistas vão falar de mim, achar que sou um maluco. (…) Todo mundo falava que vivíamos em uma ditadura, mas nós não vivíamos em uma ditadura, vivíamos no militarismo vigiado.

Zezé di Camargo, cantor e compositor, dando uma mostra exuberante de seu conhecimento da história recente no canal de Leda Nagle no YouTube. No final, disse que o Brasil deveria considerar a volta dos militares ao poder para uma “depuração” no país

Nunca tive pudor com o corpo.

Juliana Paes, atriz, na entrevista que acompanhou o ensaio que fez, nua, para o caderno Ela, do jornal 'O Globo'

Juliana Paes, atriz, na entrevista que acompanhou o ensaio que fez, nua, para o caderno Ela, do jornal O Globo (Daniel Mattar)

Publicado em VEJA de 20 de setembro de 2017, edição nº 2548

Este conteúdo é exclusivo para assinantes do site. Assine agora e tenha acesso ilimitado.

Conheça os planos de assinatura OU

Já é assinante? Faça o login