Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Quatro riscos para economia global em 2019

Consultoria aponta as tensões entre Estados Unidos e China como um dos principais motivos de alerta

- Tensões entre Estados Unidos e China
No relatório anual sobre os riscos que ameaçam a estabilidade econômica, a consultoria Eurasia classifica as tensões entre as duas potências como um dos principais motivos de alerta. A guerra comercial travada desde o início do governo Trump tende a se aprofundar à medida que os dois países buscarem formas de reduzir sua mútua dependência econômica — o que deverá reduzir os já fracos laços diplomáticos entre ambos.

- A política interna americana
A chegada dos democratas à liderança da Câmara dos Deputados, a marcação cerrada da imprensa e as investigações em curso sobre a administração Trump devem criar tensões internas nos Estados Unidos com o potencial de reverberar nos mercados de todo o mundo, causando volatilidade. A expectativa da Eurasia é que Trump contra-ataque em todas as frentes (política, judicial, virtual) e eleve o risco de uma crise constitucional.

- Populismo na Europa
A Eurasia prevê que partidos populistas abocanhem um número inédito de cadeiras nas eleições para o Parlamento Europeu, em maio. Tal vitória se traduzirá em mais poder para populistas na Comissão Europeia e no Conselho Europeu, órgãos responsáveis pela edição de leis como a de imigração.

- Menos inovação
A insegurança das redes fez com que, em 2018, governos colocassem empresas estrangeiras sob escrutínio e impusessem barreiras à cooperação entre firmas de tecnologia de diferentes países — em particular, Estados Unidos, China, Japão e nações europeias. Essas ações devem resultar em menos parcerias tecnológicas e, por consequência, frear projetos de inovação.

Publicado em VEJA de 16 de janeiro de 2019, edição nº 2617