Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Quatro mudanças no financiamento de imóveis a partir de 2019

Pessoas de baixa renda terão finaniciamento facilitado

– O FGTS vai liberar recursos para imóveis mais caros
O Banco Central anunciou que o valor máximo dos imóveis que podem ser financiados com recursos do FGTS será de 1,5 milhão de reais. O limite anterior era de 950 000 reais em São Paulo, Rio de Janeiro, Distrito Federal e Minas Gerais, e de 800 000 reais no restante do país.

- A disponibilidade de crédito aumentará
Obrigados a destinar 65% da poupança para o crédito imobiliário, os bancos podiam optar por investir o dinheiro em títulos do setor. Agora, não terão essa alternativa: os 65% passam a ser integralmente dirigidos ao crédito.

- O financiamento para pessoas de baixa renda será facilitado
Os bancos que destinarem recursos para o financiamento de imóveis de até 500 000 reais poderão ter abatimentos na regra que obriga a canalização de 65% do dinheiro da poupança para o crédito imobiliário.

- Os juros poderão subir
Os bancos poderão conceder crédito diretamente ao cliente (hoje a maior parte passa pelo Sistema Financeiro de Habitação) e estarão desobrigados de observar a taxa de juros máxima de 12% mais TR.

 

Publicado em VEJA de 8 de agosto de 2018, edição nº 2594