Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Os quatro maiores riscos globais de 2018

Discurso nacionalista e crimes cibernéticos estão entre as causas de preocupação, segundo o Fórum Econômico Mundial

– Desigualdade

O aumento do abismo de renda entre pobres e ricos, ainda mais acentuado nos países desenvolvidos, pode fazer com que grupos extremistas se valham da frustração dos menos favorecidos para se fortalecer.

– Nacionalismo

O discurso nacionalista, resultado da tendência à polarização política, vem ganhando a adesão de diversos governantes. No caso dos Estados Unidos e da Coreia do Norte, ele é o combustível que alimenta o risco da ameaça nuclear.

– Danos ao meio ambiente

A elevação da temperatura, a poluição e outros efeitos dos danos ambientais são um problema em si. Mas também trazem com eles crises hídricas, migrações e escassez na produção de alimentos, além de eventos catastróficos inesperados, como a sucessão de furacões de 2017.

– Crimes cibernéticos

O último levantamento feito pelo Fórum apontou a existência de 357 milhões de malwares (vírus que roubam informações no computador) no mundo. Sequestros de dados e ciberataques custarão em torno de 8 trilhões de dólares a empresas e governos nos próximos cinco anos.

Publicado em VEJA de 24 de janeiro de 2018, edição nº 2566