Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Leitor: Caso Queiroz, Oscar Niemeyer e Banksy

Os assuntos mais comentados da semana

Por Da Redação Atualizado em 26 jun 2020, 06h52 - Publicado em 26 jun 2020, 06h00

Assuntos mais comentados

– Reportagem de capa
– Centrão
– Socorro financeiro
– Vilma Gryzinski
– Oscar Niemeyer
– Banksy


FABRÍCIO QUEIROZ

Conta tudo Queiroz, não esconda nada (“O elo perdido”, 24 de junho).
Francisco Barbosa
São Paulo, SP (via Instagram)

Vou para Atibaia, entrar em um sítio e lá viver sem o dono perceber.
Cleiton Pedro
São Paulo, SP (via Facebook)

Deixa ver se entendi: o Queiroz apareceu voando na casa do advogado do Flávio Bolsonaro?
Vinicius Pereira
Rio de Janeiro, RJ

Queiroz não é ministro, não é secretário, não tem cargo no governo. Que pague pelos seus atos.
Francisco José Santos
Parnaíba, PI (via Facebook)

O Brasil todo quer saber por que só Flávio Bolsonaro está sendo investigado no caso da “rachadinha”. E as investigações contra os outros deputados da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro?
Josélio Weeslleny
Araguaína, TO (via Facebook)


CENTRÃO

Novo governo, velhas práticas (“O poderoso Ciro”, 24 de junho).
Flávio Júnior
Fortaleza, CE (via Facebook)

Não existem “velha” nem “nova” política. Existem políticos que, mesmo com discursos diferentes, defendem sempre os mesmos interesses.
Samuel Isidoro
São Paulo, SP (via Facebook)

Ao primeiro sinal de que o governo pode cair, Ciro Nogueira pulará fora.
José Roberto da Silva
São José dos Pinhais, PR (via Facebook)


SÃO PAULO E RIO

O governador João Doria põe Henrique Meirelles para atrair investimentos na Europa e Ásia (Radar, 24 de junho). Faço uma indagação: os paulistas que não gostam de Doria topariam trocá-lo pelo governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel?
Abel Pires Rodrigues
Rio de Janeiro, RJ


AUXÍLIO EMERGENCIAL

Paulo Guedes é um excelente economista, superpreparado (“Dinheiro para quem precisa”, 24 de junho).
Dennis Aquino
Belém, PA (via Facebook)

Como sempre, vão trocar o nome de um programa que já existe só para levar o crédito.
Maria Lúcia Lopes
São Paulo, SP (via Facebook)

Continua após a publicidade

VILMA GRYZINSKI

Ao ler a coluna de Vilma Gryzinski (“Assim, nem a lei da gravidade escapa”, 24 de junho) lembro-me de uma frase de George Orwell no clássico 1984: “Quem controla o passado controla o futuro. Quem controla o presente controla o passado”.
Adelaide Ferreira
Roma, Itália (via Facebook)

Para quando foi marcada a demolição das pirâmides do Egito? E a esfinge também será derrubada? Afinal, foram construídas por escravos…
Paulo Cesar Managó
Pato Branco, PR (via Facebook)


OSCAR NIEMEYER

A arquitetura não está apenas no desenho, mas também na possibilidade de erguer obras geometricamente corretas (“O fascínio pela esfera”, 24 de junho).
Eduardo Freitas
Recife, PE (via Facebook)

É uma obra-prima da arquitetura moderna a obra póstuma de Niemeyer em Leipzig, na Alemanha. Integrada ao local e sofisticada.
Antônio Fernandes
São Paulo, SP (via Facebook)

Que coisa horrível. Igual a Brasília. Prédios sem nenhuma iluminação natural nem ventilação.
Greisu José Flores
Brasília, DF (via Facebook)


BOB DYLAN

Um artista completo (“Eu contenho multidões”, 24 de junho). Um gênio. Um poeta. Como não admirar Bob Dylan?
Camila Rodrigues
São Paulo, SP (via Instagram)


HOMENAGEM - O desenho de Banksy contra o racismo nos Estados Unidos, depois da morte de George Floyd: participação ativa em momentos históricos INSTAGRAM @BANKSY/.

“Enquanto isso, aqui no Brasil, a arte não tem valor algum, dá-se preferência a idolatrar políticos.” (“O artista sem rosto”, 24 de junho)
Luís Ângelo Melo Pinheiro 
São Paulo, SP (via Facebook)


NASI

Desde pequena fui criticada pelo meu gosto musical pobre, ouvia Chitãozinho e Xororó. Com tanta pressão, aprendi a gostar do Ira!. Hoje percebo quanto é tóxica essa tentativa de comparação em nome de algum tipo de supremacia musical. Não é preciso desmerecer o outro para ser bom no que faz (“Abaixo o ‘sertanojo’ ”, Conversa, 24 de junho).
Fernanda Cunha
São Paulo, SP (via Instagram)


BATOM

Mas, gente, como é que vai vender batom se tem de usar máscara (“O efeito batom”, 24 de junho)?
Silvia Ties
Porto Alegre, RS (via Facebook)


TELEVISORES

É só questão de tempo e economia de escala. Logo mais, os mais pobres poderão também desfrutar os melhores aparelhos de TV. Graças ao capitalismo (“O preço de uma casa”, 24 de junho).
Dianari Roriz
Campinas, SP (via Facebook)

Publicado em VEJA de 1 de julho de 2020, edição nº 2693

Continua após a publicidade
Publicidade