Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Vídeo: a batalha de militantes na comissão do impeachment

Militantes pró-impeachment e da juventude governista travaram nesta quarta-feira uma batalha de gritos nos corredores da Câmara dos Deputados, em frente ao plenário onde o deputado Jovair Arantes (PTB-GO) votou pela procedência da denúncia contra a presidente Dilma Rousseff. Eles dividiam o corredor: de um lado, bandeiras do Brasil e placas “impeachment já”; de outro, cartazes com as frases “fora Cunha” e “não vai ter golpe”. A Polícia Legislativa usou faixas para isolar os dois grupos, que se provocavam aos berros e insultavam parlamentares que defendiam bandeiras contrárias durante a reunião da comissão especial do impeachment. Alguns, como a petista Maria do Rosário (RS), resolveram se misturar aos militantes para tentar barrar o avanço do processo aos gritos. Servidores de gabinetes de deputados governistas também levaram para dentro do plenário cartazes com a frase “impeachment sem crime é golpe” e tentaram atrapalhar deputados da oposição que gravavam vídeos para as redes sociais. O opositor Paulinho da Força (SD-SP) distribuiu bonecos Pixuleco e fitinhas verde e amarelas. (Felipe Frazão, de Brasília)